sábado, 13 de outubro de 2012

Um líder Segundo os olhos de Deus - Parte 25


Ele é Equilibrado...

Qualquer equilibrista sabe que, ao andar por sobre uma corda o risco de queda é altíssimo e, por isso o treino é constante. O objetivo é de manter seu peso centralizado, evitando assim um possível desequilíbrio. Para eles, o máximo que possa acontecer é cair em cima de uma rede ou cama elástica, isto quando o chão não é apenas seu maior desafio, ai sim a concentração dobra, triplica, etc.
Saber controlar as emoções, reações e palavras ditas, é fundamental para um líder que se preze. Ele é o centro das atenções e por possuir tal cargo, sua reputação está sempre sendo posta em xeque, principalmente quando este é, sem dúvidas, um líder admirado por seus liderados e invejado por seus opositores. Alguns, inclusive, até se esforçam afim de provocar alguma reação desagradável, no intuito de publicar nas primeiras páginas ao olhos de todos.
Uma verdadeira tragédia é o que sucede a um possível desequilíbrio de um líder em qualquer situação, principalmente quando o caso é ligado diretamente para com seus liderados. Aqueles que antes o olhavam com respeito, agora o repugna, fazendo cair por terra todos os seus conselhos anteriores.
Ora, a importância de dominar suas reações é tamanha, que a própria bíblia descreve esta como fruto do Espírito Santo "...Mas o fruto do Espírito é...Domínio Próprio." (Gl.5:22,23), e assim aprendemos mais uma vez com a palavra de Deus que, em hipótese alguma, devemos descuidar de coisas tão simples - aos nosso olhos - porém de sumo valor para a conservação do caráter daquele que visa o mais alto topo. Esse é o preço de quem quer liderar pessoas. Esse é o preço de quem quer ocupar o cargo de exemplo.
Saber escolher a hora certa para falar ou replicar algo, tem que ser levado em consideração, uma vez que, uma única palavra é capaz de condenar eternamente um sujeito a uma das piores doenças do atual século: A Mágoa. Mesmo estando o líder com total razão, ele de prontidão deve ser cauteloso, compreensível e educado até na repreensão, embora sabemos que somos carne e osso e vez e outra o EU aflora e parte para o exagero. Na verdade, se, ser um líder é ser superior, essa superioridade deve começar em nós quando, sempre que necessário, calamos nossas vontades, afim de manifestarmos única e exclusivamente nosso papel de representante de um povo.
Saber escolher a hora certa para agir é de extrema cautela, uma vez que todos que se encontram sob nosso comando aguarda sempre o sucesso de nossa ações e uma atitude precipitada, resulta não só em uma tentativa frustrada para nós líderes, mas uma verdadeira decepção para com todos ao nosso redor. 
Vivemos em um mundo cercado de câmeras 24h nos acompanhando passo a passo em nosso dia. Sendo assim, muito cuidado não só em seu ambiente de trabalho, como também, em casa com a família, na faculdade, na farmácia, no shopping, na praça...

Nenhum comentário:

Postar um comentário