sábado, 20 de outubro de 2012

A Mulher V de A à Z (letra Q)


Quando se fala dela, logo começo a imaginar...

Quando se pensa sobre ela, logo começo a falar...

Quando duvido dela, logo venho a me enganar...

Quando acredito nela, logo me surpreendo. Ela é sem par...


Quando a desconheço, logo venho a julgar...

Quando a conheço bem, logo venho a me consertar...

Quando observo o que não faz, logo venho a opinar...

Quando prova o porque, logo venho a calar...


Quando chora em seu canto, logo venho a indagar...

Quando depois, sorri e vai, logo pasmo fico a pensar...

Quando luta e vai além, logo fico a condenar...

Quando prova que só quer o bem, logo acho que vou chorar...


Quando para e espera, logo exclamo o por quê...

Quando age com precisão, logo afirmo: Fazer o quê...

Quando questiono:quem é ela? Logo enxergo no duplo passos seus...

Quando acho ser ela só, logo vejo que teme a Deus.

Querida é aos meus olhos.



Inspirado no livro "A Mulher V" e no blog Cristianecardoso.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário