quarta-feira, 20 de junho de 2012

O Sisterhood Não Vale Nada!


REPÓRTER: Você Conhece o Grupo Sisterhood?

ENTREVISTADO: O novo grupinho de dondocas?

REPÓRTER: Hã, porque dondocas?

ENTREVISTADO: Ora, o que dizer de um bando de mulherzinhas que não fazem nada.

REPÓRTER: Bem, não é isso que eu sei...

ENTREVISTADO: Embora, até que elas fazem alguma coisa, como usar sainhas e  maquiagem (risos)

REPÓRTER: E porventura você não acha isso importante? Não é uma forma de ensinar a mulher a se valorizar?

ENTREVISTADO: Por isso que eu digo que são dondocas!

REPÓRTER: Então pra você, mulher que merece elogio é mulher relaxada?

ENTREVISTADO: É... Não foi bem isso que eu quis diz...

REPÓRTER: E quanto as tarefas de cozinhar pratos diferentes para a família?

ENTREVISTADO: E porventura alguém leva isso em consideração?

REPÓRTER: E quanto as tarefas de arrumar a casa, deixando-as impecáveis?

ENTREVISTADO: Isso é dever de cada!

REPÓRTER: E quando no caso, me refiro a todas que nunca fizeram isso na vida, a tal ponto de serem elogiadas pelos pais espantados (no bom sentido) com a mudança da filha?

ENTREVISTADO: Bom.. É...

REPÓRTER: E as festas temáticas de confraternização que elas tem quase todo mês, para benefício próprio?

ENTREVISTADO: Mas claro, saindo do bolso delas! (irônico)

REPÓRTER: Festa que, inclusive, tão cheia de glamour, onde, em sua maioria, nunca teriam na vida.

ENTREVISTADO: Hum... Por isso que eu digo que são dondocas.

REPÓRTER: Você já viu dondocas ir à um presídio feminino tendo que sentar no chão, em alguns casos, para poder, com prazer, orientar uma detenta?

ENTREVISTADO: E elas fazem isso?

REPÓRTER: Você já viu dondocas entrar em um asilo e, com toda alegria, abraçar velhinhos que, em alguns casos, não tomam banho hà dias?

ENTREVISTADO: Hã...

REPÓRTER: Você já viu dondocas visitando orfanatos e distribuir brinquedos e roupas a crianças carentes que, elas mesmas arrecadaram pedindo de porta em porta?

ENTREVISTADO: ???

REPÓRTER: Você já viu dondocas se humilhar, orar, jejuar por alguém que as vezes, nem sabe que elas existam?

ENTREVISTADO: Mas isso já é ensinado no altar!

REPÓRTER: Inclusive fazer isso por pessoas que as distratam e as menosprezam com você?

ENTREVISTADO: (silencio)

REPÓRTER: Você já viu dondocas se mobilizarem, afim de realizar campanhas de valor a mulher no mundo inteiro, tendo que, sair na rua e se expor diante de todos, apenas em defender uma causa como o "Rompendo o Silêncio"?

ENTREVISTADO: (pasmo)

REPÓRTER: Posso te falar uma coisa?

ENTREVISTADO: Sim (envergonhado)

REPÓRTER: Você sabia que, 100% dessas "dondocas", reconhecem - desde que ingressou no grupo Sisterhood - ser uma outra pessoa, inclusive no que se diz respeito à; mudança de caráter, sendo mais atenciosa aos pais, mais dedicada na escola ou faculdade, sendo mais responsável no trabalho, sendo mais zelosa pela sua aparência, uma vez que o corpo é sim, morada do Espírito Santo, além de, muitas, até terem obtido o Novo Nascimento, uma vez, tendo como auxiliar, Esposas de Pastores que incansavelmente, se dedicam noite e dia, prestando assistência, ensinando e acompanhando o desenvolvimento de cada, inclusive moças que estavam à anos na igreja e nunca tiveram essa oportunidade...

- Enfim, qual seu nome mesmo?

ENTREVISTADO: Inveja.

REPÓRTER: Qual sua profissão?

ENTREVISTADO: Julgar.

REPÓRTER: Bem, voltando ao assunto, você conhece o Grupo Sisterhood?...

25 comentários:

  1. eu conheço e mesmo fora dele por conta de um passado mal resolvido digo:
    NUNCA DONDOCAS,MAS SIM MENINAS E MULHERES QUE TEM CORAGEM DE SE SUBMETER POR AMOR AS MUDANÇAS E ORIENTAÇOES RECEBIDAS.

    EU MUDEI E APRENDI COISAS QUE NEM MEUS PAIS ME ENSINARAM!!!!!!!

    ResponderExcluir
  2. Bruna Moraes-Frederico Westphalen21 de junho de 2012 00:01

    Mt forte, é bem assim mesmo!!
    Não tenho mais palavras, ta super bem explicadinho ai em cima
    Me orgulho deste grupo da IURD

    ResponderExcluir
  3. Márcia Leal - Cenáculo Maior/Poa-RS
    Integrante da VPR - Força Jovem Brasil
    Bom gostaria de relatar aqui o quanto o Sisterhood me ajudou espiritualmente. Já estava a quase 3 anos na igreja, mas era cheia de duvidas, não tinha um bom relacionamento com minha familia. E este trabalho me ajudou a desenvolver a fé, cresci muito, amadureci na vida espiritual, tenho um ótimo relacionamento com minha irmã (antes viviamos sempre brigando, nos detestavamos), não tinha expectativa de progredir na area financeira, hoje estou em uma nova empresa, com um salario razoavel (inclusive tenho me programando para tirar carteira de motorista em Agosto), meus irmãos que viviam brigando, hoje através das orientações que tive no Sisterhood em como agir com eles, eles mudaram (inclusive a minha mãe, passou a mudar a maneira dela de agir com eles). Este é um breve resumo do quanto o Sisterhood me ajudou, principalmente, na vida espiritual. E cada dia muito mais tem acrescentado. Agradeço a Deus pela oportunidade, pois vejo o próprio Deus cuidando demim.
    Abraços!!!

    Att,
    Márcia Leal

    ResponderExcluir
  4. Boa Noite Pastor!

    Infelizmente pastor muitas pessoas pensam do sisterhood exatamente o que o senhor falou, na maioria das vezes nem procuram saber sobre o trabalho e já sai julgando, com toda a certeza eu que conheço e faço parte deste trabalho, sei o quão maravilho e de Deus ele é. Quando entrei para o Sisterhood,era uma jovem insegura e tímida,me achava uma jovem incapaz para tudo, para mim eu era sempre a pior de todas, O sisterhood me ajudou muito e a cada dia que passa ele tem me ajudado,hoje eu sei da importancia da minha família,de me dedicar e ser um exemplo na escola, a importancia de cuidar da minha saúde e da minha aparência,de cuidar da minha casa, de ser uma jovem organizada,hoje eu procuro sempre pensar antes de falar,e acima de tudo aprendi que o mais importante não é o que eu faço mas sim o que eu sou para o meu Deus, aprendi a cuidar dia após dia do meu interior,da minha salvação, eu mudei muito graças ao Sisterhood. Eu agradeço muito ao meu Deus por ter este privilégio de fazer parte do Sisterhood, pois mais do que ninguém sei o quanto ele só acrescentou e tem acrescentado em todas as aréas da minha vida. Quero ser este referencial para o meu Deus e exalar este Bom Perfume que é o meu Senhor Jesus, e o Sisterhood tem me ajudado muito.

    Que Deus abençoe muito a todos!

    Gabriela Vidal

    ResponderExcluir
  5. Olá Pastor!
    Fico feliz com este tipo de publicação, pois faz cair por terra vários "tabus" e preconceitos que algumas pessoas tem contra o Sisterhood.
    Eu posso falar por experiência própria que o grupo é uma bênção, faço parte (sou Pledge) há mais de 2 anos, e só tenho crescido e desenvolvido enquanto mulher de Deus. Críticas à parte, uma coisa é certa: o Sisterhood nos estimula a sair da nossa zona de conforto, do comodismo habitual, da "sensação de bem estar" (que leva à perdição segundo a Bíblia) e nos desafia a sermos mulheres, filhas, esposas, alunas, funcionárias, etc. muito melhores e mais aptas. Cada tarefa, propósito, reunião, atendimento com as esposas, evento, evangelização tem sido uma bênção na minha vida e de todas as meninas que participam. A mudança e o amadurecimento subsequentes são nítidos. Temos uma longa jornada pela frente, mas nada como saber que estamos no caminho certo.
    Que este trabalho só cresça e alcance muitas almas!

    Na fé,
    Julia B. Melim
    Força Jovem Gaúcha
    Cenáculo Maior/POA

    ResponderExcluir
  6. Todos os trabalhos da IURD tem sim um objetivo, todos são importantes, e todos tem um objetivo em comum salvar, como poderiamos admitir que Sisterhood é apenas um Grupo de Dondocas, não só esta ideia é equivocada e precipatada como pessoas que pensam desta maneira, certamente não analisam o fato de que um dos maiores problemas da atualidade no mundo inteiro é a família, e que todos os dias casamentos acabam e um dos principais motivos é que a Mulher atualmente é extremamente mal instruida no que diz respeito a como agir,como se vestir, enfim como ser, quantos não são os maridos que não querem voltar para casa porque sabem que ao chegar depois de um dia cansativo encontraram uma casa desorganizada, um mulher de mau humor e desarrumada, mal vestida e que pensa que por estar casada e ter suas tarefas não precisa ter um tempo para se arrumar para cativar o seu marido quando ele chega.Que visão errada tantas mulheres pelo mundo a fora de todas idades tem em relação a si mesmas , pensam que estando na igreja bem arrumadas e educadas em outros lugares estas atitudes não são necessarias na verdade o Sisterhood deveria exister em cada canto deste planeta,para levar a todas as mulheres a entender que somos o templo do nosso Deus, e que o nosso exemplo poderá inspirar a muitas outras.
    Que Deus abençoe a todas da Sisterhood!

    Andréia Reis
    Força Jovem São Francisco de Paula

    ResponderExcluir
  7. Muito bacana este estudo Pastor.

    As meninas da FJB Sul deveriam se organizar um pouco mais e ver um tempinho para fazer parte, talvez, do grupo das Sisterhood. Vai servir de grande preparo par os seus futuros casamentos. Será uma benção.

    Deus Abençoe a todas e todos.

    ResponderExcluir
  8. Bom dia Pastor,

    Quando a proposta do Sisterhood chegou na minha vida foi no momento mais difícil que eu me imaginei estar, vim de um relacionamento frustrado, já não tinha mais vontade de me arrumar, não me valorizava, estava deprimida e sinceramente já não tinha vontade de viver, devido a situação humilhante em que me encontrava.
    Até que um dia Deus mostrando o Seu cuidado inspirou Suas servas para criar um Grupo onde seriam formadas mulheres de Deus e eu como uma última chance aceitei me incluir neste projeto.
    E os resultados foram notáveis, pois o Sisterhood para mim foi um Instrumento que Deus usou para me salvar, fui transformada de dentro para fora, nasci de Deus, fui liberta de todos os meus complexos e principalmente do meu passado e hoje a minha razão para viver é o Senhor Jesus, enfim, tudo mudou, estes benefícios alcançaram a minha família, meu trabalho, meu ministério e a cada dia aprendo mais e mais com o Sisterhood.
    Muitos não conseguem imaginar a importância deste trabalho, mas hoje sou Feliz e não meço esforços para levar mais mulheres a receberem os benefícios espirituais, físicos e comportamentais que o Sisterhood me traz diariamente.
    O Sisterhood, sem dúvida é um Grupo inspirado por Deus, ele só tem a crescer e sou muito honrada por fazer parte deste projeto!

    Só sei que Vai Arrebentar!

    Cristine Pedroso
    Força Jovem Gaúcha
    Cenáculo de Porto Alegre

    ResponderExcluir
  9. Nunca a vi como dondocas e, nem sabia que existia isse preconceito no meio da igreja. Que triste!
    Eu mesmo conheço uma pledge do Sisterhood e de dondoca ela não tem nada.
    No fundo, no fundo é uma inveja mesmo, talvez as pessoas critiquem por não terem conseguido passar pelas tarefas.
    abs,

    ResponderExcluir
  10. Bom Dia,quem dera poder fazer parte do grupo pois sei que mudaria em muitas coisas acho esse trabalho fantastico ensinando as mulheres a se tornarem virtuosas.

    ResponderExcluir
  11. Oi Pastor!

    Fico feliz em ler esse post. Infelizmente, poucos reconhecem o valor deste grupo. Digo "infelizmente", pois essas pessoas estão indo contra Deus, visto que Ele mesmo dá um valor imenso ao Sisterhood. Vejo isso pelo frutos que este grupo tem dado. Na minha vida, por exemplo, antes de entrar no Sisterhood eu era obreira, era de Deus, mas era uma menininha muito sentimental, cheia de dúvidas, que não acreditava em si mesma. Vivia na igreja, ficava o dia inteiro, mas não dava bom testemunho para minha família, pois me criticava por isso (e com razão!). Logo que entrei no Sisterhood procurei fazer cursos, comecei a trabalhar, acreditei em mim, fui promovida, comecei a cuidar da minha casa e do meu corpo, aprendi a cozinhar, me doei mais na obra, minha vida sentimental foi abençoada e o principal: a intimidade que tenho com Deus aumentou. Sei que por mau testemunho, muitas pessoas ainda veem o Sisterhood com maus olhos, mas se elas enxergassem com uma visão espiritual - com os olhos de Deus -, veriam o quanto esse grupo é usado para abençoar e salvar. O aprendizado é constante e a cada dia percebemos o quanto somos nada diante de Deus e como Ele é misericordioso em cuidar da gente dessa forma tão especial.

    Deus abençoe,
    ys!

    ResponderExcluir
  12. Bem verdade!!!!

    ResponderExcluir
  13. Como tem pessoas que criticam e não conhecem nenhum trabalho realizado pela IURD! Infelismente como foi sitado, por Inveja e somente para julgar. Poucos de fato querem saber a realidade, pois não querem se ajudar e não aceitam que outros ajudem aqueles que nescessitam!! Vamos procurar informações ou partcipe dos grupos antes de julgar!! Sisterhood, FJB enfim Grupos dispostos a ajudar com tdas as forças a pessoas a terem um encontro com DEUS e terem suas vidas completamente mudadas!! BLOCO 7

    @FJB_CECILIA

    @PauloVitor_FJB

    ResponderExcluir
  14. magda silva
    VEJA COMO TEMOS UM DEUS COMPLETO E FIEL DEUS NA SUA PALAVRA DIZ :VINDI COMO ESTA .MAS NÃO É PARA CONTINUAR COMO CHEGAMOS ,ELE PROVIDENCIOU PARA NÓS MOÇAS QUE TIVEMOS UMA JUVENTUDE CONTURBADA UMA EQUIPE DE MULHERES DE DEUS QUE COM A DIREÇÃO DO ESPIRITO SANTO SÃO USADAS PARA NOS DICIPLINAR ,ORIENTAR E ENCONTRAR NOSSA AUTO ESTIMA E ALIMENTAR A MULHER DE DEUS QUE ESTA DENTRO DE NÓS, E SE VOCES NÃO SABEM EM JANEIRO ESTA ABERTA UMA NOVA ETAPA ,E EU SEREI A PRÓXIMA A ME ESCREVER.

    ResponderExcluir
  15. Bruna Pacheco - Secretária Catedral22 de junho de 2012 15:10

    Como é bom ver que Deus tem olhado para esse grupo de uma forma diferente,realmente o senhor teve coragem de quebrar o tabu entre força jovem e sisterhood,pois sabemos que muitas pessoas tem essa visão mesmo deste grupo que só tem formado mulheres de Deus. E meninas do Sisterhood me aguardem ano que vem eu to ai juntinho com vocês :)

    ResponderExcluir
  16. Eu sou a Daniela e faço parte do Sisterhood, sou obreira, sou do Força Jovem, sou filha, irmã, estudante e encarregada do setor que trabalho.Sou da 1º turma aqui do Sul do Sisterhood e desde o inicio até hoje só tenho crescido espiritualmente.Não sei se conseguiria ter me mantido de pé com tantas responsabilidades se não fosse através dos ensinamentos que tive no Sisterhood.Cada reunião com um espirito de vida para nós e cada tarefa para aprendermos como ser essa mulher virtuosa a cada dia. Além da minha vida espiritual, também aprendi a ter equilíbrio e dar atenção a minha família, coisa que eu não fazia, pois, era do trabalho para a faculdade e igreja e ficar em casa era coisa rara de eu fazer. Hoje em dia meus pais reconheceram Deus em mim, chegando ao ponto de no último churrasco da Força Jovem eu não ir(com dor)e ficar em casa ajudando na mudança que fizemos e meu pai me dizer:Agora vejo que você é uma obreira, pois, eu ajudei ele em tudo, em desmontar móveis, carregar, guardar, organizar, em tudo...Porque antes eu fazia tudo para o pastor muitas vezes na igreja, e chegava em casa tão cansada que só queria dormir.Aprendi que eu não estava agradando a Deus assim e comecei a mudar e Deus tem me abençoado muito. Se eu for escrever tudo que alcancei através do sisterhood, não vai ter espaço para mais ninguém. risos
    Daniela Horn

    ResponderExcluir
  17. Juliano C. - Cristo Redentor23 de junho de 2012 10:55

    Este post mostra o quanto alguns julgam os trabalhos realizados na IURD, sem nem ter a vontade de procurar saber qual é o seu verdadeiro intuito, que é o mesmo de todos os outros projetos da IURD, uma mudança total e completa no interior das pessoas, faze-las sentir-se valorizadas, coisas que os mesmos não encontram em sua casa e no meio de seus amigos, leva-las(os) ao encontro com Deus e a garantia da salvação, o objetivo é esse e não criar nenhuma "dondoca". Antes de julgar, procure saber os benefícios que estes trabalhos trazem a quem participa deles.

    ResponderExcluir
  18. ARREBENTOU PASTOR!! :-)
    http://sendovocemesmo.blogspot.com.br/2012/04/eu-nao-sou-da-sisterhood.html
    Luana - Bento

    ResponderExcluir
  19. Liziane Bom Jesus25 de junho de 2012 11:52

    Olá Pastor!
    Desde que entrei para o Sisterhood Deus tem feito muitas mudanças em mim, principalmente mudanças interiores, pois tenho certeza que o Sisterhood para mim não foi apenas para me ensinar como se vestir,ter zelo pela casa, pelas pessoas, vai muito mais além, é uma questão de salvação, hoje percebo que eu tinha certas atitudes interiores que poderiam comprometer a minha salvação, é algo tão pessoal que fica até difícil de descrever, mas a minha comunhão com Deus, a certeza que foi Deus que me escolheu e que Ele não me desampara, hoje é muito mais significante, tenho passado muitas lutas, mas o ensinamento que o Sisterhood me trás para vencer é maravilhoso, por isso eu considero tudo isso como meu testemunho, pois creio que tudo que seja para honrar a Deus é um testemunho, e tenho certeza que Ele fica muito feliz com tudo isso, pois derrepente tinha tantas coisas que Ele queria me mostrar e não conseguia, e hoje através do Sisterhood Ele pode fazer isso. Sei que tem muitas coisas ainda que vou poder testemunhar,mas o que eu mais quero é ser para Deus e não apenas fazer.E aqui no Sisterhood tenho aprendido isto,mesmo que façamos muitas coisas,mas aprendi o valor em fazer cada coisa,cada detalhe,a importância desta realização.Hoje posso dizer que tudo que faço,sempre analiso antes se Deus vai se agradar,e tudo quero fazer p/ Ele.
    Abraços,
    Liziane Leal da Silva

    ResponderExcluir
  20. Jessika - FJ Passo Fundo25 de junho de 2012 18:14

    Arrebentou.., O Sisterhood é Deus e ponto final.

    ResponderExcluir
  21. Tássia P. dos Santos.______BL1225 de junho de 2012 21:30

    Precisa dizer mais alguma coisa???
    Mulheres de Deus!!!
    Tudo se resume nisso.
    O Espirito Santo 100% usando essas Mulheres.
    O próprio Deus disse:
    "...Mulher virtuosa quem a achará? O seu valor muito excede ao de rubis..."

    Na Fé.
    Sede Sapiranga Bloco 12.

    ResponderExcluir
  22. Matheus Santos - Viamão Centro26 de junho de 2012 19:55

    Muito legal mesmo.

    ResponderExcluir
  23. Muito bacana esta mensagem, quem realmente tem o Espirito Santo ve o quanto estas mulheres de Deus se esforçam para realizar a obra de Deus e aprender mais, e quanto elas tem crescido com Deus acima de tudo. Deus abençoe cada vez mais estas mulheres e que através delas sejam alcançadas outras futuras SISTERHOOD`S verdadeiras Mulheres V.

    Nathalia, Cenaculo-RS

    ResponderExcluir
  24. Que sirva de exemplo para todos nós que ñ conhecemos a fundo este trabalho e despresamos aquelas que com muita dedicação assim o fazem.
    Caia na real todos que tem esse espirito como deste camarada.
    Karina Walderez Sapucaia do Sul

    ResponderExcluir
  25. NATALIA TRIBO DE ASER AZENHA13 de julho de 2012 02:49

    NAO TINHA LIDO ESTE ESTUDO AINDA MAS ACHO MARAVILHOSO ESTE TRABALHO DO SITERHOOD QUE DEUS CONTINUE ABENCOANDO MUITO ESTA OBRA MARAVILHOSA!!

    ResponderExcluir