sexta-feira, 26 de novembro de 2010

COM "DÍ" OU COM "DE"?




"Enquanto não pagar suas dívidas, seu nome permanece "sujo" e impossibilitado de adquirir confiança dos vendedores."






Muitos que, ao olhar para sua vida e não vêem um resultado satisfatório ou seja uma mudança radical, logo questionam da seguinte forma a Deus: Porque nada da certo? Porque não venço? porque clamo, clamo e a resposta não vem? Enfim, tentam de todas as formas encontrar culpas em Deus no presente ao invés de tentar descobrir culpas em si no passado. É isso mesmo! O que fiz no passado se reflete no que sou e no que vivo no presente. E é aí onde muitos se esquecem que ao invés de ficarem cobrando de Deus pelo hoje, deveriam ser mais exigentes no que se diz respeito as suas condutas com Ele. Tanto no passado como no presente e consequentemente no futuro. Resumindo: Verdadeiros cristãos endividados. Pessoas que nem sequer arrependeram dos seus atos do passado e já se acham no direito de impor a Deus uma melhora de vida.  Não se engane! É preciso uma verdadeira e minuciosa sondagem em todo seu passado para tentar descobrir os pontos falhados, e então, buscar uma verdadeira mudança de direção, isto é, uma conversão real e sincera.
Pra ficar mais clara a explicação, imaginamos alguém com seu nome no SPC ou SERASA. É possível, estando nessas condições ter um livre crédito na praça? É possível fazer compras sem ser constrangido ao ter seu nome analisado no crédito? Claro que não! Enquanto não pagar suas dívidas, seu nome permanece "sujo" e impossibilitado de adquirir confiança dos vendedores. Ou seja, resolva as dívidas do passado, para então ter crédito no presente. Com Deus é a mesma coisa. Enquanto tiver Eu, dívidas com Ele por coisas do passado que não resolvi, então não poderei ter moral para exigir uma vída digna vinda dele no presente e no porvir.
Pague sua "DÍ" VIDA e tenha a mudança "DE" VIDA.

9 comentários:

  1. ¨DEUS disse: vinde A MIM do jeito que estas e de maneira alguma o lançarei fora;atire a primeira pedra quem não tiver pecado,a nossa FORRRRRÇA TA NO VOOOOOTO!!!Creia ;se lance, seja fiél eo mais DEUS fará.

    ResponderExcluir
  2. FLAVIANA GUIMARÃES - CRUZ ALTA-RS26 de novembro de 2010 13:25

    MUITO LEGAL PASTOR.´JÁ ESTOU LIMPANDO MEU NOME JUNTO AO SPC DO CÉU. KKKK

    ResponderExcluir
  3. Eu contrai dívidas até com Deus;Eu tenho geito?.até um dia a todos.

    ResponderExcluir
  4. marcelo Hiroko - Chiyoda/Tokio26 de novembro de 2010 19:12

    E tem pessoas que ainda pensam que enganam a Deus.

    ResponderExcluir
  5. "Examinai-vos a vós mesmos se realmente estais na fé; provai-vos a vós mesmos..." (2 Coríntios 13:5)
    Fé no Senhor Jesus é procedida e acompanhada por arrependimento. Sem arrependimento e abando do que é errado, não há nova vida ,mas tendo havendo isto,esta é a promessa de Deus:

    "se o Meu povo, que se chama pelo Meu nome, se humilhar, e orar, e me buscar, e se CONVERTER dos seus maus caminhos, então, Eu ouvirei dos céus, perdoarei os seus pecados e sararei a sua terra.( 2 Crônicas 7:14)

    Deus abençoe !

    ResponderExcluir
  6. E as únicas condições para negociar a dívida são a fé, humildade e sinceridade.

    ResponderExcluir
  7. ah o problema, da igreja universal e julgar as pessoas por isso muitos se avastam

    ResponderExcluir
  8. Deise Souza - São Jerônimo1 de dezembro de 2010 10:37

    E o problema de vc amigo é que se acha tão cheio da razão por julgar a igreja universal que acabou se afastando. Mas é compreencível, pois, isso mostra que vc não estava com Deus, caso contrário, vc não teria se afastado.

    ResponderExcluir
  9. PATRÍCIA OLIVEIRA, FORTALEZA-CEARÁ1 de dezembro de 2010 13:53

    Ô AMIGO ANÔNIMO QUE NEM TEM CORAGEM DE SE IDENTIFICAR, PARE DE JULGAR A IGREJA E CUIDE DA SUA VIDA, POIS, COMO O PASTOR MESMO DISSE: Pague sua "DÍ" VIDA e tenha a mudança "DE" VIDA.

    ResponderExcluir