sexta-feira, 27 de agosto de 2010

DETALHES BEM DETALHADOS

Você já parou pra pensar nos detalhes vividos por Jesus em suas Últimas horas de vida? Então, respire fundo, concentre-se como se estivesse presente naquele dia e entenda claramente o que realmente aconteceu. Jesus entrou em agonia no Getsemani e seu suor tornou-se como gotas de sangue a escorrer pela terra. O único evangelista que relata o fato é um médico, Lucas. E o faz com a precisão de um clínico. O suar sangue, ou "hematidrose", é um fenômeno raríssimo. É produzido em condições excepcionais: para provocá-lo é necessário uma fraqueza física, acompanhada de um abatimento moral violento causado por uma profunda emoção, por um grande medo. O terror, o susto, a angústia terrível de sentir-se carregando todos os pecados dos homens devem ter esmagado Jesus. Tal tensão extrema produz o rompimento das finíssimas veias capilares que estão sob as glândulas sudoríparas, o sangue se mistura ao suor e se concentra sobre a pele, e então escorre por todo o corpo até a terra. Conhecemos a farsa do processo preparado pelo Sinédrio hebraico, o envio de Jesus a Pilatos e o desempate entre o procurador romano e Herodes. Pilatos cede, e então ordena a flagelação de Jesus. Os soldados despojam Jesus e o prendem pelo pulso a uma coluna do pátio. A flagelação se efetua com tiras de couro múltiplas sobre as quais são fixadas bolinhas de chumbo e de pequenos ossos. Os carrascos devem ter sido dois, um de cada lado, e de diferente estatura. Golpeiam com chibatadas a pele, já alterada por milhões de microscópicas hemorragias do suor de sangue. A pele se dilacera e se rompe; o sangue espirra. A cada golpe Jesus reage em um sobressalto de dor. As forças se esvaem; um suor frio lhe impregna a fronte, a cabeça gira em uma vertigem de náusea, calafrios lhe correm ao longo das costas. Se não estivesse preso no alto pelos pulsos, cairia em uma poça de sangue. Depois o escárnio da coroação. Com longos espinhos, mais duros que os de acácia, os algozes entrelaçam uma espécie de capacete e o aplicam sobre a cabeça. Os espinhos penetram no couro cabeludo fazendo-o sangrar (os cirurgiões sabem o quanto sangra o couro cabeludo). Pilatos, depois de ter mostrado aquele homem dilacerado à multidão feroz, o entrega para ser crucificado. Jesus caminha com os pés descalços pelas ruas de terreno irregular, cheia de pedregulhos. Os soldados o puxam com as cordas. O percurso é de cerca de 600 metros. Jesus, fatigado, arrasta um pé após o outro, freqüentemente cai sobre os joelhos. E os ombros de Jesus estão cobertos de chagas. Quando ele cai por terra, a cruz lhe escapa, escorrega, e lhe esfola o dorso. Sobre o Calvário tem início a crucificação. Os carrascos despojam o condenado, mas a sua túnica está colada nas chagas e tirá-la produz dor atroz. Quem já tirou uma atadura de gaze de uma grande ferida percebe do que se trata. Cada fio de tecido adere à carne viva: ao levarem a túnica, se laceram as terminações nervosas postas em descoberto pelas chagas. Os carrascos dão um puxão violento. Há um risco de toda aquela dor provocar uma síncope, mas ainda não é o fim. O sangue começa a escorrer. Jesus é deitado de costas, as suas chagas se incrustam de pé e pedregulhos. Depositam-no sobre o braço horizontal da cruz. Os algozes tomam as medidas. Os carrascos pegam um prego (um longo prego pontudo e quadrado), apóiam-no sobre o pulso de Jesus, com um golpe certeiro de martelo o plantam e o rebatem sobre a madeira. Jesus deve ter contraído o rosto assustadoramente. O nervo mediano foi lesado. Pode-se imaginar aquilo que Jesus deve ter provado; uma dor lancinante, agudíssima, que se difundiu pelos dedos, e espalhou-se pelos ombros, atingindo o cérebro. A dor mais insuportável que um homem pode provar, ou seja, aquela produzida pela lesão dos grandes troncos nervosos: provoca uma síncope e faz perder a consciência. Em Jesus não. O nervo é destruído só em parte: a lesão do tronco nervoso permanece em contato com o prego: quando o corpo for suspenso na cruz, o nervo se esticará fortemente como uma corda de violino esticada sobre a cravelha. A cada solavanco, a cada movimento, vibrará despertando dores dilacerantes. Um suplício que durará três horas. O carrasco e seu ajudante empunham a extremidade da trava; elevam Jesus, colocando-o primeiro sentado e depois em pé; conseqüentemente fazendo-o tombar para trás, o encostam-se à estaca. Os ombros da vítima esfregam dolorosamente sobre a madeira áspera. A ponta cortante da grande coroa de espinhos penetram o crânio. A cabeça de Jesus inclina-se para frente, uma vez que o diâmetro da coroa o impede de apoiar-se na madeira. Cada vez que o mártir levanta a cabeça, recomeçam pontadas agudas de dor. Pregam-lhe os pés. Ao meio-dia Jesus tem sede. Não bebeu desde a tarde anterior. Seu corpo é uma máscara de sangue. A boca está semi-aberta e o lábio inferior começa a pender. A garganta, seca, lhe queima, mas ele não pode engolir. Um soldado lhe estende sobre a ponta de uma vara, uma esponja embebida em bebida ácida, em uso entre os militares. Tudo aquilo é uma tortura atroz. Um estranho fenômeno se produz no corpo de Jesus. Os músculos dos braços se enrijecem em uma contração que vai se acentuando: os deltóides, os bíceps esticados e levantados, os dedos, se curvam. É como acontece a alguém ferido de tétano. A isto que os médicos chamam tetania, quando os sintomas se generalizam: os músculos do abdômen se enrijecem em ondas imóveis, em seguida aqueles entre as costelas, os do pescoço, e os respiratórios. A respiração se faz, pouco a pouco mais curta. O ar entra com um sibilo, mas não consegue mais sair. Jesus respira com o ápice dos pulmões. Tem sede de ar: como um asmático em plena crise, seu rosto pálido pouco a pouco se torna vermelho, depois se transforma num violeta purpúreo e enfim em cianítico.Jesus é envolvido pela asfixia. Os pulmões cheios de ar não podem mais se esvaziar. A fronte está impregnada de suor, os olhos saem fora de órbita. Mas o que acontece? Lentamente com um esforço sobre-humano, Jesus toma um ponto de apoio sobre o prego dos pés. Esforça-se a pequenos golpes, se eleva aliviando a tração dos braços. Os músculos do tórax se distendem. A respiração torna-se mais ampla e profunda, os pulmões se esvaziam e o rosto recupera a palidez inicial. Por que este esforço? Porque Jesus quer falar: "Pai, perdoa-lhes porque não sabem o que fazem". Logo em seguida o corpo começa afrouxar-se de novo, e a asfixia recomeça. Foram transmitidas sete frases pronunciadas por ele na cruz: cada vez que quer falar, deverá levar-se tendo como apoio o prego dos pés. Inimaginável! Atraídas pelo sangue que ainda escorre e pelo coagulado, enxames de moscas zunem ao redor do seu corpo, mas ele não pode enxotá-las. Pouco depois o céu escurece, o sol se esconde: de repente a temperatura diminui. Logo serão três da tarde, depois de uma tortura que dura três horas.Todas as suas dores, a sede, as câimbras, a asfixia, o latejar dos nervos medianos, lhe arrancam um lamento: "Meu Deus, meu Deus, porque me abandonastes?". Jesus grita: "Tudo está consumado!". Em seguida num grande brado diz: "Pai, nas tuas mãos entrego o meu espírito". E morre. Em meu lugar e no seu.

45 comentários:

  1. felipe - são jerônimo - rs27 de agosto de 2010 10:18

    poxa pastor que forte né? são detalhes que não observamos, más que mostra o verdadeiro e perfeito sacrifício.

    ResponderExcluir
  2. Muito Forte essa mensagem pois descreve como foi a morte do nosso Amado Senhor.

    Mas isso me fortalece ainda mais pois se Ele pode suportar isso eu também, pois está escrito:
    " O meu fardo é leve e o meu jugo suave."

    Thauana Fraga- R2 - RS

    ResponderExcluir
  3. Puxa Pr. chega ser inimaginável o que o nosso Senhor Jesus passou, tanto sofrimento, dores, angústias e tudo isso por quem?! Por cada um de nós... Às vezes, achamos o nosso problema o maior do mundo e que o desespero e a angústica que estamos passando é a jamais vivida por alguém, mas a verdade é que Alguém passou por um sofrimento mil vezes pior a mais de dois mil anos atrás por nós, para nos trazer vida e salvação e nós tão egoistas pensamos que Deus esqueceu da gente... Que através desta mensagem venhamos nos encher de força e coragem para seguir em frente, para exaltar o nosso Senhor Jesus e no final Ele dizer: TUDO VALEU A PENA! Deus abençoe a todos.

    Obr. Carol - Catedral Poa
    TRIBO DE JOSÉ

    ResponderExcluir
  4. João Saldanha- Brasilia27 de agosto de 2010 14:27

    Ele morreu por nós. Foi isso que aconteceu.

    ResponderExcluir
  5. A pergunta é : Quem realmente se importa com este sacrifio, feito exclusivamente para a nossa salvaçao ? Não diga nem sim nem não, analise a sua vida com Deus, ela lhe respondera se realmente este sacricio, o mais perfeito de todos, é importante para voce.

    ResponderExcluir
  6. Só de pensarmos no sacrificio que Jesus fez por todos nós na cruz,demostra o grande amor que Ele tem por nós.O que Jesus sofreu na cruz vai muito mais além do que agente posso imaginar. Que essa mensagem venha fazer com que reflitamos sobre nossas atitudes.O sacrificio que o Senhor Jesus fez nenhum outro seria capaz de fazer.Por isso nunca devemos deixai-Lo,por maior que seja os nossos problemas,lutas,etc.

    Catedral - Poa
    T. de Benjamim

    ResponderExcluir
  7. com certeza Jesus sentiu muita dor nesse momento, mas creio que a maior dor é qdo Ele vê
    que todo esse sacrifio nao é valido na vida daqueles que O regentam.

    ResponderExcluir
  8. São realmente Detalhes que jamais podemos esquecer...só em pensar que Ele se submeteu a tanta dor por nós...Sem mesmo merecermos, mostrou-nos que Seu Amor é infinito e inexplicável.
    Foi um preço muito alto...cabe a nós Valorizar cada Detalhe descrito nesta mensagem, e levar ao mundo o que Deus fez por cada um de nós.

    Cristine Pedroso - Catedral

    ResponderExcluir
  9. Analisando a tudo paro para pensar o quanto nós somos ingratos, pois, muitas vezes os nossos problemas, lutas, perseguições e etc... não são nada diante de tamanha dor que Ele passou por nós e mesmo assim muitas vezes queremos desistir. É momento de parar e analisar será que sou merecedor.

    Fernando
    Se Liga 16 - Manassés
    Catedral

    ResponderExcluir
  10. Ele se entregou por amor.
    João 13:34 Um novo mandamento vos dou: Que vos ameis uns aos outros; como eu vos amei a vós, que também vós uns aos outros vos ameis.

    ResponderExcluir
  11. Que mensagem hem?
    Tenha a conciência de que ele passou por tudo isso, por vc e por mim. O QUE VC TEM FEITO POR ELE????

    ResponderExcluir
  12. oi pastor!
    Este post nos mostra que o senhor Jesus chegou aos extremos de suas forcas, justamente por amar o ser humano incondicionalmente, com um amor que nunca,e ninguem ja possuiu.
    Catedral/ T. de Naftali

    ResponderExcluir
  13. Bahh!!! Jesus passou tudo isso pra nos estarmos aqui. Até por aqueles que não querem nada com nada.

    obr Lucas, Fatima, Gravatai59

    ResponderExcluir
  14. Muito forte estes detalhes, tudo isso por amar cada um de nós,Obrigado Jesus!

    Fabio/Fatima/gravatai59

    ResponderExcluir
  15. muito forte Pastor Windson
    Nos podemos ver o quanto ele nos amava,porque mesmo tendo suas costas feridas,mãos,pés,sem ar(e imagine-mos o quanto foi doloroso pra ele porque ele nunca teve nenhuma doença que o fazia ter dores,por isso que Jesus não teve doenças porque se ele tivesse seu corpo não aguentaria tamanha dor) enfim todo corpo.Ele ainda se apoio no prego que estava encravado em seu pé,para subir e poder respirar melhor para orar por aqueles que o maltrataram tanto.Dai nós podemos ver o quanto ele nós amava.
    Lucas Medeiros Vargas /Catedral/POA.
    TRIBO DO TEATRO

    ResponderExcluir
  16. juliano pereira de oliveira/ rio branco-acre29 de agosto de 2010 01:12

    Só falta a gente fazer nossa parte tbm. temos que sacrificar, não tem jeito.

    ResponderExcluir
  17. Que forte hein pr !!! Ler esta mensagem causa arrepios..., faz-nos ter uma idéia bastante clara de tudo o que o Sr.Jesus enfrentou e sofreu por nós e nós faz atentar a um só questionamento: O que eu tenho feito por Ele? Será que há algo que se compare? Então, ainda que tudo o que eu fizer não seja o bastante, e jamais será, pois nada pode pagar o que Ele fez, eu tenho sim que fazer a minha parte.

    Camila Domingues
    Esteio

    ResponderExcluir
  18. Oi Pastor!
    Eu pergunto aos jovens? Alguém teria coragem de passar por tudo isso por amor a pessoas que ainda nem tinham nascido?
    Só Jesus, ele nos amou antes mesmo de sermos gerado.

    Obreira Luana/Igreja Fátima/Gravataí 59

    ResponderExcluir
  19. Tremendamente forte essa mensagem, porque passa uma visão diferente da morte de Jesus, as vezes as pessoas acham que foi tão fácil, mas a dor que Ele sentiu por todos nós é realmente inexplicável, porque ele nem nos conhecia, tipo as vezes eu me pergunto sabe se eu morreria por alguém que eu nem conheço ainda, e Ele fez isso!É super dificil de explicar com palavras, mas é muuuito forte isso, porque as vezes as pessoas zoam de Deus e tipo Ele fez tudo isso até por essas pessoas que as vezes nem creem nEle, Ele é tão misericordioso em relação a isso que me deixa de boca aberta de vez em quando.

    ResponderExcluir
  20. oi seu blog é muito bom!
    na fé
    meu blog

    http://sinceridadetotal.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  21. poxa pr.esta mensagem mostra que tudo que nós passarmos por amor a cristo,não significa nada ,por que só de lê isso posso imaginar o que realmente é dor, e tudo isso por amor a nós , que através dessa mensagem possamos aderir a ideia do perfeito sacrificio

    ResponderExcluir
  22. O triste é saber que muitas pessoas não reconhecem este sacrifício e amor, de Deus para com a humanidade,e rejeitam a palavra de Deus.
    Um abraço Pr.Windson
    Na Fé'sempre'

    ResponderExcluir
  23. Andressa Rufato- Benjamim30 de agosto de 2010 12:23

    muito forte, enquanto nos vamos lendo... vamos sentindo uma angustia profunda em nosso coraçao, deveriamos ler isso todos os dias para jamais esquecer do que o nosso SENHOR passou para nos dar esta oportunidade de salvaçao!

    Seja louvado o meu JESUS pelos séculos dos séculos amém!

    ResponderExcluir
  24. Andressa Rufato-Benjamim30 de agosto de 2010 12:25

    haaaa, so pra finalizar sou AZENHA-benjamim!

    ResponderExcluir
  25. Jamais podemos esquecer o que Jesus fez por nos.
    Deus nos amou de tal maneira que deu o seu filho unigenito por amor de nós pecadores.
    Nunca o rejeite hoje temos salvação.
    Na fé.

    Obr SimoneSilva/Fatima/Gravataí 59

    ResponderExcluir
  26. Olá Pastor!

    É incrível mesmo. Por mais que saibamos que o Sr. Jesus deu até a última gota do seu sangue por nós, saber dos detalhes do seu sacrifício sempre nos surpreendem.
    Realmente tudo o que fazemos por Ele não é nada.

    Heydi Casal
    Tribo de Naftali - Catedral

    ResponderExcluir
  27. arthur fernandes catedral azenha31 de agosto de 2010 00:22

    é boom nos sabermos como foi a morte do nosso SENHOR foi morto pq muitos naum sabem o que realmente aconteceu mais é triste o geito que foi a morte dele mais eu tenho certeza que se Deus quis asiim é porque era pra ser assim e hoje por causa do nome dele "jesus" nos podemos conhecer a Deus e podemos chamr ele de pai.



    obr. arthur naçao hip hop

    ResponderExcluir
  28. realmente ele deu a vida por nos
    GUILHERME DE POA AZENHA

    ResponderExcluir
  29. Paloma Fernandes - floripa31 de agosto de 2010 13:46

    isso me fez chorar. que forte.

    ResponderExcluir
  30. Eu creio q quem le este texto sente um
    temor muito grande.Toda dor e humilhação
    q Ele passou por nós pecadores, só o Perfeito
    como ele.

    Silene/Cachoeirinha-Fátima/Gravataí 59

    ResponderExcluir
  31. leandro gadita azenha31 de agosto de 2010 16:59

    o perfeito sacrificio exigio seu maximo,por isso minha forma de agradecelo é servilo até o fim o que Jesus fez por mim.

    ResponderExcluir
  32. Forte demais.

    Pois esse foi o perfeito sacrifício de JESUS por todos nós.

    Deus abençoe!

    Dyonathan Freitas - Azenha

    ResponderExcluir
  33. Muito forte tudo o que ele passou pela gente, devemos sempre lembrar que ele é com a gente e passou tudo isso quem será contra nós

    Lucas silva-Catedral Azenha

    ResponderExcluir
  34. Este foi o PERFEITO SACRIFICIO!!! cada vez tenho mais vontade de falar do meu senhor!

    Carla - Azenha

    ResponderExcluir
  35. jeane camargo -azenha1 de setembro de 2010 17:07

    o nosso sacrificio diario nem se
    compara com o que ele fez
    devemos se espelhar em
    JESUS cada vez mais

    ResponderExcluir
  36. Lendo essa mensagem, meus olhos se enchem de lágrimas, pois me dói saber que mesmo dentro da Igreja, muitos não dão valor ou até desprezam esse sacrífio que Jesus fez por Nós.
    Pare e pense:
    Você tem dado valor ao maior e mais perfeito sacrifício?
    Você daria a sua vida por Jesus?

    Que Deus abençoe a todos.

    Mariane Azenha

    ResponderExcluir
  37. esse é um recado para aqueles que acham que fizeram muito pra Deus olha o que ele fez por nós...
    djenessis-azenha poa

    ResponderExcluir
  38. THAIS MONIQUE SEDE AZENHA3 de setembro de 2010 21:56

    o nosso SENHOR morreu por nos na cruz !!!!!
    e porisso estamos aqui,
    e mts n dao valor a isso que ele fez por nos.

    O UNICO QUE SUPORTOU TUDO ISSO POR NOS E POR MIM.

    REI MAJESTOSO E SOBERANO E UNICO DE SER LOUVADO PARA TODO SEMPRE AMEM!

    ResponderExcluir
  39. Entendemos porque o nosso Senhor Jesus vê os detalhes, porque somente Ele sabe cada detalhe do sofrimento que passou por nós.

    Daniela Horn
    Tribo de Issacar
    Catedral

    ResponderExcluir
  40. Diante de tamanho sacrifício, feito por mim, realmente, não tenho feito nada para o Senhor JESUS.
    E, só tenho a agradecer a Ele...

    ResponderExcluir
  41. nos sempre temos que fazer ,o melhor sacrificio pq e deu sua vida por nos!!!

    ResponderExcluir
  42. DANILO AZENHA
    Foi descrito o amor de um Homem sem pecados que morreu por pecadores e suas gerações que hoje dizem que encontram "felicidade" nos prazeres do mundo .
    É notável que jamais conseguiremos retribuir esse amor , mas podemos buscar sempre agrada-lo amando-o tambem e amando o próximo .
    DANILO AZENHA

    ResponderExcluir
  43. Pâmella Souza - Tribo do Rap / Catedral13 de setembro de 2010 22:17

    Essa Postagem vai parar numa Igreja Catolica !

    Me aguarde,todo o mundo vai sabe o Que O Nosso Senhor Jesus Fez por nós !

    ResponderExcluir
  44. pr muito forte nem lendo esta mensagem eu não consigo imaginar tamanha dor mas me faz refletir que o que eu faço é muito pouco e como agradecimento pela vida que ele me deu é obrigação eu falar do seu amor servindo de todo o meu coração e dedicaãço. mensagem assim nós faz lembrar do nosso primeiro amor.que ele mantem até hoje. muito forte DEUS abençoe o sr

    ResponderExcluir
  45. PrWindson foi muito forte essa mensagem. Tudo passou como um filme na minha cabeça, tentei imaginar a dor q ele dele ter sentido, mas é imaginável.
    Só de pençar q ele fez e passou tudo isso por nós, pelo nossos pecados. Nada do faremos será suficiente para agredecer esse sacrificio, o minimo q devemos fazer é entregarmos nossas vidas em suas mãos e servir a ele e ser fiel!!!!
    Obrigada por nos conciêntizarmos o quanto ele foi fiel a nós a ao Pai!!!

    Sabrina de Tramandaí-RS Membro do Força Jovem!!!!

    ResponderExcluir