segunda-feira, 30 de agosto de 2010

QUE EXEMPLO DE VIDA HEIM!

"Ficar em casa, é o pior que pode existir pra gente." Jaime Evangelista Oliveira
                                        

sexta-feira, 27 de agosto de 2010

DETALHES BEM DETALHADOS

Você já parou pra pensar nos detalhes vividos por Jesus em suas Últimas horas de vida? Então, respire fundo, concentre-se como se estivesse presente naquele dia e entenda claramente o que realmente aconteceu. Jesus entrou em agonia no Getsemani e seu suor tornou-se como gotas de sangue a escorrer pela terra. O único evangelista que relata o fato é um médico, Lucas. E o faz com a precisão de um clínico. O suar sangue, ou "hematidrose", é um fenômeno raríssimo. É produzido em condições excepcionais: para provocá-lo é necessário uma fraqueza física, acompanhada de um abatimento moral violento causado por uma profunda emoção, por um grande medo. O terror, o susto, a angústia terrível de sentir-se carregando todos os pecados dos homens devem ter esmagado Jesus. Tal tensão extrema produz o rompimento das finíssimas veias capilares que estão sob as glândulas sudoríparas, o sangue se mistura ao suor e se concentra sobre a pele, e então escorre por todo o corpo até a terra. Conhecemos a farsa do processo preparado pelo Sinédrio hebraico, o envio de Jesus a Pilatos e o desempate entre o procurador romano e Herodes. Pilatos cede, e então ordena a flagelação de Jesus. Os soldados despojam Jesus e o prendem pelo pulso a uma coluna do pátio. A flagelação se efetua com tiras de couro múltiplas sobre as quais são fixadas bolinhas de chumbo e de pequenos ossos. Os carrascos devem ter sido dois, um de cada lado, e de diferente estatura. Golpeiam com chibatadas a pele, já alterada por milhões de microscópicas hemorragias do suor de sangue. A pele se dilacera e se rompe; o sangue espirra. A cada golpe Jesus reage em um sobressalto de dor. As forças se esvaem; um suor frio lhe impregna a fronte, a cabeça gira em uma vertigem de náusea, calafrios lhe correm ao longo das costas. Se não estivesse preso no alto pelos pulsos, cairia em uma poça de sangue. Depois o escárnio da coroação. Com longos espinhos, mais duros que os de acácia, os algozes entrelaçam uma espécie de capacete e o aplicam sobre a cabeça. Os espinhos penetram no couro cabeludo fazendo-o sangrar (os cirurgiões sabem o quanto sangra o couro cabeludo). Pilatos, depois de ter mostrado aquele homem dilacerado à multidão feroz, o entrega para ser crucificado. Jesus caminha com os pés descalços pelas ruas de terreno irregular, cheia de pedregulhos. Os soldados o puxam com as cordas. O percurso é de cerca de 600 metros. Jesus, fatigado, arrasta um pé após o outro, freqüentemente cai sobre os joelhos. E os ombros de Jesus estão cobertos de chagas. Quando ele cai por terra, a cruz lhe escapa, escorrega, e lhe esfola o dorso. Sobre o Calvário tem início a crucificação. Os carrascos despojam o condenado, mas a sua túnica está colada nas chagas e tirá-la produz dor atroz. Quem já tirou uma atadura de gaze de uma grande ferida percebe do que se trata. Cada fio de tecido adere à carne viva: ao levarem a túnica, se laceram as terminações nervosas postas em descoberto pelas chagas. Os carrascos dão um puxão violento. Há um risco de toda aquela dor provocar uma síncope, mas ainda não é o fim. O sangue começa a escorrer. Jesus é deitado de costas, as suas chagas se incrustam de pé e pedregulhos. Depositam-no sobre o braço horizontal da cruz. Os algozes tomam as medidas. Os carrascos pegam um prego (um longo prego pontudo e quadrado), apóiam-no sobre o pulso de Jesus, com um golpe certeiro de martelo o plantam e o rebatem sobre a madeira. Jesus deve ter contraído o rosto assustadoramente. O nervo mediano foi lesado. Pode-se imaginar aquilo que Jesus deve ter provado; uma dor lancinante, agudíssima, que se difundiu pelos dedos, e espalhou-se pelos ombros, atingindo o cérebro. A dor mais insuportável que um homem pode provar, ou seja, aquela produzida pela lesão dos grandes troncos nervosos: provoca uma síncope e faz perder a consciência. Em Jesus não. O nervo é destruído só em parte: a lesão do tronco nervoso permanece em contato com o prego: quando o corpo for suspenso na cruz, o nervo se esticará fortemente como uma corda de violino esticada sobre a cravelha. A cada solavanco, a cada movimento, vibrará despertando dores dilacerantes. Um suplício que durará três horas. O carrasco e seu ajudante empunham a extremidade da trava; elevam Jesus, colocando-o primeiro sentado e depois em pé; conseqüentemente fazendo-o tombar para trás, o encostam-se à estaca. Os ombros da vítima esfregam dolorosamente sobre a madeira áspera. A ponta cortante da grande coroa de espinhos penetram o crânio. A cabeça de Jesus inclina-se para frente, uma vez que o diâmetro da coroa o impede de apoiar-se na madeira. Cada vez que o mártir levanta a cabeça, recomeçam pontadas agudas de dor. Pregam-lhe os pés. Ao meio-dia Jesus tem sede. Não bebeu desde a tarde anterior. Seu corpo é uma máscara de sangue. A boca está semi-aberta e o lábio inferior começa a pender. A garganta, seca, lhe queima, mas ele não pode engolir. Um soldado lhe estende sobre a ponta de uma vara, uma esponja embebida em bebida ácida, em uso entre os militares. Tudo aquilo é uma tortura atroz. Um estranho fenômeno se produz no corpo de Jesus. Os músculos dos braços se enrijecem em uma contração que vai se acentuando: os deltóides, os bíceps esticados e levantados, os dedos, se curvam. É como acontece a alguém ferido de tétano. A isto que os médicos chamam tetania, quando os sintomas se generalizam: os músculos do abdômen se enrijecem em ondas imóveis, em seguida aqueles entre as costelas, os do pescoço, e os respiratórios. A respiração se faz, pouco a pouco mais curta. O ar entra com um sibilo, mas não consegue mais sair. Jesus respira com o ápice dos pulmões. Tem sede de ar: como um asmático em plena crise, seu rosto pálido pouco a pouco se torna vermelho, depois se transforma num violeta purpúreo e enfim em cianítico.Jesus é envolvido pela asfixia. Os pulmões cheios de ar não podem mais se esvaziar. A fronte está impregnada de suor, os olhos saem fora de órbita. Mas o que acontece? Lentamente com um esforço sobre-humano, Jesus toma um ponto de apoio sobre o prego dos pés. Esforça-se a pequenos golpes, se eleva aliviando a tração dos braços. Os músculos do tórax se distendem. A respiração torna-se mais ampla e profunda, os pulmões se esvaziam e o rosto recupera a palidez inicial. Por que este esforço? Porque Jesus quer falar: "Pai, perdoa-lhes porque não sabem o que fazem". Logo em seguida o corpo começa afrouxar-se de novo, e a asfixia recomeça. Foram transmitidas sete frases pronunciadas por ele na cruz: cada vez que quer falar, deverá levar-se tendo como apoio o prego dos pés. Inimaginável! Atraídas pelo sangue que ainda escorre e pelo coagulado, enxames de moscas zunem ao redor do seu corpo, mas ele não pode enxotá-las. Pouco depois o céu escurece, o sol se esconde: de repente a temperatura diminui. Logo serão três da tarde, depois de uma tortura que dura três horas.Todas as suas dores, a sede, as câimbras, a asfixia, o latejar dos nervos medianos, lhe arrancam um lamento: "Meu Deus, meu Deus, porque me abandonastes?". Jesus grita: "Tudo está consumado!". Em seguida num grande brado diz: "Pai, nas tuas mãos entrego o meu espírito". E morre. Em meu lugar e no seu.

terça-feira, 24 de agosto de 2010

VOCÊ TEM QUE DECOLAR, MAS CUIDADO!



"Muitos que sonham em crescer e conquistar, jamais imaginam a tamanha dificuldade que lhe espera..."




Segundo o site planecrashinfo.com, a maior parte das mortes em acidentes aéreos, 47%, acontece na decolagem e na subida, até que o avião atinja a altitude de cruzeiro, ao passo que 39% das mortes acontecem na descida e aterrissagem. Na verdade, a aterrissagem propriamente dita concentra a maior proporção de acidentes, 45%. Resumindo: O perigo maior está na subida sendo este, o ponto mais difícil.
Na vida, podemos comparar esse exemplo aos grandes desafios surgidos neste arduo período de quem quer ser alguém. Muitos que sonham em crescer e conquistar, jamais imaginam a tamanha dificuldade que lhe espera, pois, seria muito fácil se de um dia pra noite tudo se transformasse. Segundo o provérbio chinês: "O segredo para se andar sobre as águas é saber onde estão as pedras." Ou seja, para ser um homem de sucesso, é preciso encarar os problemas do dia a dia sabendo que, dali virá um bom proveito, para o bom uso no futuro.
Se, manter-se no topo requer muita experiência, subir, exigirá de vc muita força de vontade, já que seu unico apoio está em querer. E querer é poder. Portanto, se seu objetivo é ser um grande referencial nesse mundo, isto é, um gigante, prepare-se! A jornada é longa, e cada dia um desafio. Superar-se, deverá ser um ato integrante de seus costumes. Duvidar, deverá ser mais uma página arrancada do livro de sua história. Por isso não temas! Suba e sobreviva as chuvas de meteoros negativos que virão no intuito de fazê-lo parar, pois, se para cada sim, existem 7 não, cada não, representa um a menos na distancia entre vc e o sim. Agora vc entende o porque de, o maior número de desistência está no início da jornada e não no fim.

sexta-feira, 20 de agosto de 2010

UM DESABAFO QUE ME DEIXOU FELIZ

Recebi esse email de uma jovem que ao participar da última vigília, decidiu relatar sobre o tamanho valor que a mesma proporcionou em sua vida. Espero que aqueles que simplesmente não vieram por motivos banais, possam refletir através desse desabafo, a tamanha oportunidade jogada fora.

Diz assim:

Olá pastor Windson...

Mesmo eu sendo da Catedral e fazendo parte do Força Jovem a tanto tempo. Quero dizer e AGRADECER pela vigília da última sexta. Eu não sei da vida de nenhum jovem que estava na Catedral naquela noite,Mas o senhor falava apenas comigo, é sério. Tudo o que o senhor relatou na hora da palavra, era pra mim.

Eu acreditava em Deus, até mesmo me lançava. Mas não acreditava em mim,não acreditava que eu poderia fazer algo para Deus, me achava o pior das pessoas dentro da igreja, achava que nunca teria um intimidade com Ele, que nunca levaria a Deus a sério(mesmo sabendo que estava errada.

Eu não encontrava forças dentro de mim para vencer a mim mesma!!). Quase chorei na hora da palavra, por ver a minha vida relatada ali tão detalhadamente, na mesma hora eu vi que não só poderia vencer, como poderia ver o real propósito de Deus na minha vida.

Obrigada por essa ter sido a melhor vigília da minha vida. Obrigada por ter ministrado aquela palavra e ter me mostrado o que Deus tem tentado há tanto tempo. Só tenho a agradecer ao Senhor e a Deus.

quinta-feira, 19 de agosto de 2010

A Diferença Entre o Cão e o Gato



"...Cristão "Gato" é aquele que vê as dificuldades em seu caminho...e simplesmente fica "dormindo" na fé..."





Muitos Já assistiram diversas vezes cães e gatos na tv. Seja em desenho animado ou em filmes, esses personagens sempre nos trazem bastante gargalhadas. Quem não conhece o gato Tom, o Cão Pluto, o gato Garfield, o cão Snoopy e muito mais. Cada um com características e comportamentos únicos. E é sobre esses comportamentos e características que quero falar. Hoje, o Brasileiro está entre os mais apaixonados no mundo por esses dóceis e amáveis animais. É comum vê-los nas residências, vilas, fazendas, sítios, mercados e talvez em sua própria casa. Tanto um como o outro, possuem grandes qualidades como o carinho do gato e o apego do cão. Também ambos possuem seus grandes defeitos como o latido interminável do cão e o miado incomodo do gato. Porém o que mais me intriga entre os dois é algo que vc até vai concordar comigo. O cão, apesar de tudo é um animal valente e de coragem. Quem nunca ouviu falar de um dono que foi atacado por algo ou alguém e foi salvo pelo seu cãozinho, independente da raça? Daí você entende porque o cão é o melhor amigo do homem. Já o gato é um animal preguiçoso que passa a maior parte de seu tempo dormindo ou comendo. Eu nunca ouvi falar de um gato que defendeu seu dono ao ser atacado. Daí, mais uma vez você entende o porque de só o Cão ser o melhor amigo do homem. Desculpem os admiradores dos felinos, más, não estou exagerando em nada. Enfim, se trazermos isso para o lado espiritual, podemos entender dois tipos de pessoas dentro de uma igreja. O cristão "Cão" e o cristão "Gato", onde na pratica do dia a dia se identifica com um desses exemplos. O Cristão "Cão" por exemplo é aquele que em sua valentia, defende a sua fé. Está sempre atento e dependendo da situação, reage ferozmente arriscando-se sem medir esforços. É literalmente o melhor amigo de seu dono, ou seja, amigo de Deus como o Rei Davi. Já o cristão "Gato" é aquele que vê as dificuldades em seu caminho, vê os inimigos se aproximar e simplesmente fica "dormindo" na fé como à exemplo os discípulos que não foram capazes de vigiar enquanto Jesus orava. São verdadeiros preguiçosos na fé. Leem um versículo da bíblia e para. Ora meio minuto e já cai na cama(isso quando Ora). Quando vem as batalhas e campanhas de fé, cruza os braços e não tem uma reação sequer. Mesmo se vendo ameaçado e correndo sérios riscos. É literalmente um acomodado. E assim como o gato, quer seu alimento no prato, quer atenção, quer conforto e tudo que tem direito, Não é verdade? Em que exemplo você se encaixa? No Cão ou no gato? pode responder! Não tem ninguém te ouvindo! Seja sincero com você mesmo! E se for o Gato, reaja! O tempo está passando e depois, não adianta chorar pelo leite derramado. E de leite, o gato entende muito bem viu!

quarta-feira, 18 de agosto de 2010

Você já Pensou em Lançar Fora a Pá?


"Como seria a história se o mar vermelho não tivesse sido aberto? E se o sol(ou a terra) não tivesse parado? E se as muralhas não tivessem ruídas?..."



Pra quê Existem os Problemas? Problemas existem para serem solucionados, não é verdade? Pois é, mas infelizmente muitos não conseguem viver esta certeza e acabam sofrendo dia e noite. Seja problemas financeiros, familiares, saúde, sentimental etc. A grande questão é a seguinte: Se eu permito desenvolverem em mim, também posso através da fé dissolver o mesmo em minha vida. Tudo através de uma simples atitude.
Infelizmente muitos, uma vez frustrados com tantas coisas acontecendo ao seu redor, acabam se rendendo a situação ao invés de encarar. Fogem sem deixar pistas acreditando ser esse o melhor remédio para curar a dor de um problema não resolvido, sendo que aonde for o problema sempre o acompanhará. Isso chama-se "MEDO". Uma das armas mais usadas pelo mal afim de impedir o nascimento de novos vencedores da fé. Esse sentimento maligno é fundamental para fazer de você um eterno fracassado, sem perspectivas melhores de vida. Simplesmente um desistente.
Como seria a história se o mar vermelho não tivesse sido aberto? E se o sol(ou a terra) não tivesse parado? E se as muralhas não tivessem ruídas? E se golias não tivesse sido derrotado? E se Jesus tivesse desistido da cruz? Enfim, o que seríamos hoje não é a questão, mas que tudo isso teria acontecido com a presença do medo, isso sem sombras de dúvidas. A certeza de que esses problemas seriam solucionados foi tamanha que, não ouve sequer um espaço para o nascimento do medo. Eles confiaram e acreditaram de uma forma ímpar. Por isso venceram.
Sei que você possa estar dizendo: Só eu sei o que estou passando ou, Só eu sei a dor que estou sentindo. Mas a questão é lá na frente e não o agora, por isso não fique se martilizando ao ver as dificuldades crescendo a cada dia pra te fazer desistir. Esse é o objetivo do mal. Ele sabe que sua conquista está próxima e tenta de todas as formas fazê-lo parar e jogar fora todo esforço realizado até hoje. Tome uma atitude de lutar e decidir a sua vida ao invés de temer e se render a cada dia. Encare os problemas crendo que a cada dia é um dia a menos da ação do mal em sua vida. Encoraja e enfrente sem titubear tudo que vier sobre você, ao invés de desejar cavar uma cova pra se esconder. Essa é a alternativa do fraco então, jogue fora essa pá(medo) que sempre estará te dando essa inspiração maligna e vá em busca da sua vitória tentando, tentando, tentando...até conseguir. Essa sim, é a alternativa do forte.

terça-feira, 17 de agosto de 2010

O PODER DE PODER!


Existe diversos motivos para você estar online nesse momento, porém, não é sobre isso que queremos conversar, más de como você se sente nesse momento. Provavelmente você possa até afirmar que está tudo bem, porém, se observares, ainda falta muita coisa. Isso se não faltar tudo. não é verdade? Quem sabe o problema ainda é na família, ou na vida espiritual, saúde, financeiro e etc. Isto, te faz sentir-se mal e sem forças pra continuar, ao ponto até de pensar em desistir. A bíblia é clara onde revela a missão do diabo que é de destruir com sua vida e para isso ele não medirá esforços, pelo contrário, vai perseverar até alcançar seu objetivo. Então, o que você está esperando? encorage-se e vença, pois, por pior que seja sua tribulação, Deus sempre dará condições para vencer esse mal. Existe uma fé aí dentro capaz de derrotar tudo e todos os problemas que vierem. Basta usa-lá contra seus problemas e não temer, porque maior é o que está contigo do que se encontra no mundo. Está escrito: "Eis que vos dou poder para pisar serpentes, e escorpiões, e toda a força do Inimigo, e nada vos fará dano algum." lc 10:19
Então, vá em frente e derrote seus problemas através da fé. Você tem a força. Você pode!

sábado, 14 de agosto de 2010

Cuidado! Existe um ET Sempre Perto de Você.





"Isto nos faz compreender que quando nasce de Deus, o cristão torna-se um ser celestial e não mais carnal..."





Talvez você possa estar se perguntando: Esse Pr. está Louco? Pois bem, para alguns possamos estar sim, más a verdade tem que ser dita custe o que custar. O mundo vive buscando explicações para esses fenômenos sobrenaturais. Pessoas que comprovam ter visto e tido até experiências com seres de outro mundo. Quem nunca ouviu falar do famoso caso do ET de varginha? onde, em 1996 um grupo de bombeiros capturaram um bípede de um metro e meio de altura, com olhos grandes e vermelhos. Uns dizem ser verdade, outro não. Na realidade, O que quero dizer é a respeito de um dos sermões de Jesus aos seus seguidores ao afirmar que: Se vós fôsseis do mundo, o mundo amaria o que era seu; como, todavia, não sois do mundo, pelo contrário, dele vos escolhi, por isso, o mundo vos odeia. João 15:19
Isto nos faz compreender que quando nasce de Deus, o cristão torna-se um ser celestial e não mais carnal, ou seja, mesmo vivendo neste mundo, o mesmo não pertence mais a ele.
E vc, já se considera um escolhido de Deus? Tem buscado uma vida diferente dessa terra, fugindo do pecado, dos maus pensamentos, dos desejos mundanos e etc.? Pois, quem se considera deste mundo, Vive de igual modo à exemplo de todos, porém, quem não pertence mais a ele, se considere DIFERENTE.
Pense nisto e muito CUIDADO com sua decisão referente a Fé, pois, independente de suas decisões no que tange a vida com Deus, tenha certeza que sempre tem um DECIDIDO A SER DIFERENTE, ou seja, um Extra Terrestre, com seu nome escrito no Livro da vida, bem perto de vc.

sexta-feira, 13 de agosto de 2010

Fique Atento às novas regras para as Eleições 2010


O Eleitor pode retirar a segunda via do título em qualquer cartório eleitoral até 23 de setembro.


O eleitor deve ficar atento ás novidades para as eleições de outubro. O pleito tem novas regras, inseridas com a minirreforma implantada em setembro do ano passado, que merecem atenção especial.

Título + documento com foto

Na hora de votar, o eleitor tem que levar um documento com foto junto com título. Será aceito qualquer documento equivalente á carteira de identidade, como carteira de trabalho ou habilitação com foto e certificado de reservista.

Até o último pleito, era permitido ao eleitor votar apenas com o título ou então com outro documento oficial, como a carteira de trabalho.

Segunda via só até 23 de setembro.

O eleitor poderá retirar a segunda via(reimpressão) do título em qualquer cartório eleitoral do país até 23 de setembro. O título será reimpresso com dados idênticos aos do documento extraviado ou inutilizado. Mas só pode pedir a segunda via o eleitor que havia solicitado o título até 05 de maio deste ano.

Até a última eleição, o prazo era 04 de agosto para fazer o pedido da segunda via do título.